Resumo

Esta resenha aborda a difusão do que vem sendo produzido em diversos grupos de pesquisa nos estudos de sociolinguística de contato. A despeito da fala de que o Brasil é um país monolíngue e monocultural, a realidade nos revela um país onde o plurilinguismo está manifesto em indivíduos e em diversas comunidades.  De acordo com a professora da Universidade Federal Fluminense e moderadora desta mesa redonda, Mônica Savedra, essa riqueza é assinalada por contrastes e conflitos expressos pela diversidade etnolinguística e cultural presente nos mais variados grupos no país, a saber: indígenas, imigrantes, quilombolas, ciganos, comunidades surdas, contextos fronteiriços entre outros. Ainda segundo Savedra, as situações de contato não são absolutas, e sim relativas.  Após a apresentação de três situações de contato que foram relatadas por três pesquisadoras de diferentes instituições, as mesmas responderam, brevemente, a importantes questões dos ouvintes sobre o tema abordado: a sociolinguística de contato.