Resumo

Em meio ao fortalecimento do movimento Black Lives Matter (Vidas Negras Importam), o Professor Doutor Michel DeGraff relaciona a luta por direitos humanos e justiça social à Linguística. Ao apresentar a Iniciativa MIT-Haiti, o pesquisador nos mostra um projeto político-linguístico criativo e exportável para além do Haiti. Esse projeto se utiliza de ferramentas digitais em crioulo haitiano para promover o acesso dos estudantes haitianos a uma educação de qualidade. No Haiti, onde a maioria da população fala apenas crioulo haitiano, o idioma local se torna uma ferramenta essencial para a educação. Assim, o objetivo da Iniciativa MIT-Haiti é impulsionar o aprendizado ativo em crioulo haitiano por meio da valorização da diversidade linguística local. Nessa iniciativa, língua e educação se transformam em vetores-chave na luta contra a exclusão social. Logo, o conferencista evidencia que a Linguística é capaz de contribuir de forma prática para a igualdade de oportunidades e o desenvolvimento sustentável.