Resumo

Esta resenha que tem como foco principal discutir o processo de alfabetização e letramento, inserindo-se nas Ciências Linguísticas. Envolve a discussão de teorias e práticas relativas a esse processo, enfatizando, ainda, sobre o tão questionado método a ser utilizado nessa jornada. Ressalta a relevância do tema na atualidade e os desafios do ensino público brasileiro diante do fracasso na alfabetização e letramento, que ainda vem sendo confirmado repetidamente em avaliações com base em provas de grandes escalas. Esses resultados retratam que a grande maioria dos estudantes brasileiros ainda tem baixos níveis de leitura, de compreensão e de interpretação, ou seja, evidenciam carências relacionadas às habilidades na leitura e escrita. Decorrem, principalmente, do fato de que a preocupação da(o)s professora(e)s volta-se a ensinar o sistema de escrita alfabética, quando é preciso orientar o processo de aprendizagem e habilidade de uso da escrita alfabética para a leitura e escrita. Logo, a origem do problema está vinculada ao início dos processos de ensino e aprendizagem da língua escrita, os quais formam a base do leitor e produtor de textos.