Resumo

Esta resenha destaca pontos relevantes que foram abordados pelos professores que compuseram a mesa redonda, que está inserida nos estudos de sociolinguística. O contexto multilíngue de ensino de língua portuguesa nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) foi tema central com destaque para Guiné-Bissau, Angola e Cabo Verde. Os conferencistas apresentaram um quadro de como o ensino de língua portuguesa nesses países ainda carece de debates que evidenciem a complexidade linguística por qual passam os estudantes, que nos sistemas educacionais se deparam com a língua portuguesa, seja ela como língua materna ou L2. Como bem afirma o professor e moderador dessa mesa, Alexandre António Timbane, é preciso ter um espaço de debate para o compartilhamento de soluções que busquem o melhoramento na qualidade da educação do ensino da língua portuguesa em contextos multilíngues.