Resumo

Esta resenha tem o objetivo de compartilhar questões centrais discutidas na mesa redonda promovida pela Abralin Ao Vivo que contou com a presença de quatro pesquisadores da Historiografia da Linguística, discutindo tendências atuais nos estudos historiográficos da linguagem no Brasil. As comunicações apresentadas abordaram, respectivamente, a metodologia de organização de base documental, a partir de portais de documentação, os critérios e pressupostos teórico-metodológicos da História do ensino de Língua Portuguesa e o antagonismo histórico entre os papéis de um gramático e um linguista. As reflexões apresentadas colocaram em perspectiva a importância dos estudos historiográficos para a ciência da linguagem, mostrando três linhas de estudo que podem servir de inspiração e despertar interesse para várias outras linhas de pesquisa.