Resumo

A conferência proferida pelo professor Carlos Gouveia tratou das articulações teóricas entre pressupostos da Linguística Sistêmico-Funcional (LSF) e as bases da Teoria dos Códigos de Legitimação. Em sua abordagem inicial, o conferencista apresenta os principais aspectos dos modelos teóricos adotados. Por isso, são discutidos os conceitos de função, contexto social, registro e gênero, subjacentes à LSF, bem como as noções de discurso horizontal, discurso vertical, gravidade semântica, densidade semântica, estruturas de conhecimento e estruturas de conhecedores, no âmbito dos códigos de legitimação. Como procedimento de análise, tomou-se um texto jornalístico, em que se observou a estruturação textual a partir dos quadros teóricos destacados. Os resultados da análise observam que as amostras textuais se constroem a partir do entrecruzamento entre relações epistêmicas de conhecimento e relações sociais (instâncias e hierarquias) que definem quais sujeitos estão aptos a legitimar o seu discurso.