Resumo

O trabalho focaliza o processo de mudança em curso do apagamento do R em posição de coda silábica final e medial (cantaØ ~ cantar; maØ ~ mar; sorte ~ soØte; cerveja ~ ceØveja), no português brasileiro. Os dados foram extraídos de entrevistas informais (dialeto padrão) com jovens e idosos de nove capitais da região Nordeste do Brasil e a análise faz uso da metodologia sociolinguística (Labov, 1994). Os resultados mostram que o processo se encontra em estágios diferentes, a depender da cidade de origem do falante e do tipo de coda, e é sensível a variáveis estruturais e sociais.