1.
HUBACK AP. Plurais irregulares do português brasileiro: efeitos de frequência. RAbralin [Internet]. 11º de maio de 2017 [citado 23º de maio de 2024];9(1). Disponível em: https://revista.abralin.org/index.php/abralin/article/view/1047